Inestética apresenta NOIR no festival contraDANÇA 2019

NOIR de Alexandre Lyra Leite

A Inestética companhia teatral apresenta NOIR, de Alexandre Lyra Leite, a partir de Edward Gorey, no Festival contraDANÇA, dia 11 de Outubro, pelas 21:30, no Teatro Cine de Gouveia.

Esta 10ª edição do festival organizado pela ASTA – Teatro e Outras Artes decorre na Covilhã, em Gouveia e Teixoso, com uma programação eclética onde a palavra-chave é o movimento e a dança, a performance e o teatro se combinam e conjugam.

NOIR, estreado pela Inestética em 2018, inspira-se no livro “The Loathsome Couple” do autor e ilustrador norte-americano Edward Gorey, que narra a história macabra de um casal de serial-killers, responsável pelo assassinato de várias crianças em Inglaterra, nos anos 60.

Trata-se de um espectáculo predominantemente visual e coreográfico, no domínio do fantástico, com encenação e dramaturgia de Alexandre Lyra Leite, música original de Luís Soldado, coreografia de Sofia Silva e figurinos de Rita Álvares Pereira.
A interpretação está a cargo de Afonso de Melo, Carolina Inácio e Linda V, acompanhados ao vivo por um ensemble composto por Sofia Grilo (violino), Magda Pinto (viola de arco) e Teresa Araújo (violoncelo).

Concepção visual Alexandre Lyra Leite, Rita Leite
Design gráfico Rita Leite
Make-up e cabelos Catarina Esteves
Boneca Amy Fulana Beltrana Sicrana
Montagem e assistência técnica Fernando Tavares, Vasco Lisboa
Apoio à produção Cátia Costa, Fernando Tavares, Susana Serralha
Fotografia Alexandre Lyra Leite
Registo e edição vídeo Vítor Hugo Costa
Produção Inestética companhia teatral

Projecto financiado pela República Portuguesa – Cultura / DGArtes e Câmara Municipal de Vila Franca de Xira
Com o apoio da União de Freguesias de Alverca do Ribatejo e Sobralinho, Arte Franca – Publicidade, Imarte – Design e [metafilmes]

Mais informações sobre o Festival contraDANÇA 2019

NOIR

NOIR de Alexandre Lyra Leite

NOIR
de Alexandre Lyra Leite
a partir de Edward Gorey

Myra Hindley e Ian Brady, casal que ficou conhecido nos anos 60 por “The Moors Murders”, assassinaram cinco crianças na zona de Manchester, em Inglaterra, entre 1963 e 1965. Uma das vítimas nunca chegou a ser encontrada.

Baseado nesta história verídica, o polémico autor e ilustrador norte-americano Edward Gorey concebeu “The Loathsome Couple”, uma short-story com ilustrações a preto e branco de inspiração vitoriana e um singular humor negro, cujo imaginário perturbador e predominantemente visual foi o ponto de partida para NOIR, um espectáculo no domínio do fantástico, macabro e enigmático, em que a linguagem teatral e a componente coreográfica se cruzam com a geometria dos figurinos e a música original interpretada ao vivo.

Ficha Artística

Dramaturgia e Encenação Alexandre Lyra Leite
a partir do livro “The Loathsome Couple” de Edward Gorey
Música Luís Soldado
Coreografia Sofia Silva
Interpretação Afonso de Melo, Carolina Inácio, Linda V.
Violino Sofia Grilo
Viola de arco Magda Pinto
Violoncelo Teresa Araújo
Figurinos Rita Álvares Pereira
Concepção visual
Alexandre Lyra Leite, Rita Leite
Design gráfico Rita Leite
Make-up e cabelos Catarina Esteves
Boneca Amy Fulana Beltrana Sicrana
Montagem e assistência técnica Fernando Tavares, Vasco Lisboa
Apoio à produção Cátia Costa, Fernando Tavares, Susana Serralha
Fotografia Alexandre Lyra Leite
Registo e edição vídeo Vítor Hugo Costa
Produção Inestética companhia teatral
Estrutura financiada por República Portuguesa – Cultura / DGArtes e Câmara Municipal de Vila Franca de Xira
Apoio União de Freguesias de Alverca do Ribatejo e Sobralinho, Arte Franca – Publicidade, Imarte – Design, [metafilmes]
Agradecimentos Ateneu Artístico Vilafranquense, Grémio Dramático Povoense, Fulana Beltrana Sicrana, Nuno Dionísio, Paulo Antunes

2018 | 60 min | M/14


Gouveia
Festival contraDANÇA 2019, Teatro Cine de Gouveia, 11 Out 2019
Vila Franca de Xira
Ateneu Artístico Vilafranquense, 9 Mar 2019
Palácio do Sobralinho
Sobralinho, 18 Out a 4 Nov 2018 (estreia)

fotos © Inestética companhia teatral

* Música do espectáculo composta por Luís Soldado no âmbito do seu pós-doutoramento (SFRH/BPD/114908/2016), a decorrer no Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical, financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia.

COISAS ESTÚPIDAS PARA GENTE INTELIGENTE

Coisas Estúpidas para Gente Inteligente, de Alexandre Lyra Leite e Rita Leite

COISAS ESTÚPIDAS PARA GENTE INTELIGENTE
de Alexandre Lyra Leite e Rita Leite

A estupidez é viral. Está em toda a parte. Na casa do vizinho, no Facebook, no escritório, no noticiário da noite, na reunião do G20, no restaurante gourmet, no pós-moderno, no novo acordo ortográfico, no parlamento, no médio oriente e no grande ocidente.

É uma força oculta, uma pandemia que se propaga na vertigem dos nossos tempos. A estupidez é simplesmente estúpida mas não necessariamente ignorante. Esta comédia de variedades é sobre aquilo que nos faz alergia, sobre aquilo que, por mais que tentemos, não conseguimos entender. O que não implica que não possa ser também ligeiramente estúpida.
É uma questão de arriscar.

fotos © Inestética / foto de capa © 1914 Harry Whittier Frees

FICHA ARTÍSTICA

Concepção e Direcção Artística Alexandre Lyra Leite e Rita Leite
Encenação Alexandre Lyra Leite
Interpretação e co-criação Ana Vilela da Costa, Erica Rodrigues, Joana Pais de Brito, João Luz, Linda Valadas
Vídeo Alexandre Lyra Leite e Rita Leite
Assistência técnica Fernando Tavares
Agradecimentos Yara Cléo
Produção Inestética companhia teatral
Estrutura financiada pela Câmara Municipal de Vila F. Xira
Apoios Arte Franca, Imarte

2015 | 60 minutos | M/12


Póvoa de Sta. Iria
IV Festival de Teatro do Grémio, Espaço Cultural Fernando Augusto, 23 Jan 2016
Vila Franca de Xira
Palácio do Sobralinho, 26 a 29 Mar / 15 a 25 Out 2015 (estreia)