Destaque

A GREVE DOS CONTROLADORES DE VOO
de Alexandre Lyra Leite
a partir de poemas de Jorge de Sousa Braga

O misterioso desaparecimento da linha do horizonte, enxames de abelhas no Museu do Louvre, cabelos loiros de Marilyn ao vento em árvores japonesas, as demoiselles d’Avigon surpreendidas por uma rusga policial e o segredo do sorriso da Gioconda finalmente revelado… Eis alguns dos efeitos colaterais da surpreendente Greve dos Controladores de Voo, do poeta Jorge de Sousa Braga, ponto de partida para a mais recente performance da Inestética companhia teatral.

12 Nov a 18 Dez 2020, Palácio do Sobralinho

Destaque II

AS FLORES DO MAL | ÓPERA
de Luís Soldado e Alexandre Lyra Leite
a partir de Charles Baudelaire

Os poemas “condenados” e banidos do livro “As Flores do Mal” foram o ponto de partida para a criação do libreto e composição musical desta ópera, que exalta a transgressão poética de Charles Baudelaire nas múltiplas e contraditórias emoções do masculino e do feminino.

Destaque III

NOIR
de Alexandre Lyra Leite
a partir de Edward Gorey

Myra Hindley e Ian Brady, casal que ficou conhecido nos anos 60 por “The Moors Murders”, assassinaram cinco crianças na zona de Manchester, em Inglaterra, entre 1963 e 1965.
Uma das vítimas nunca chegou a ser encontrada.

Destaque IV

TABACARIA | ÓPERA DE CÂMARA
de Luís Soldado e Alexandre Lyra Leite
a partir de Fernando Pessoa

A estranheza da existência e a incompreensão do real são os temas centrais desta adaptação inédita para ópera de um dos mais belos poemas de sempre, escrito em 1928 por Álvaro de Campos, heterónimo de Fernando Pessoa.

Companhia

A COMPANHIA

A Inestética companhia teatral tem vindo a apresentar projectos multidisciplinares que privilegiam uma abordagem contemporânea e experimental, nas áreas do teatro, performance e ópera.

Estrutura residente no Palácio do Sobralinho, em Vila Franca de Xira, desenvolve actividade ao nível da criação, programação cultural e formação artística.