Historial

 

INESTÉTICA COMPANHIA TEATRAL

Estrutura artística residente no Palácio do Sobralinho, em Vila Franca de Xira, desenvolve actividade ao nível da criação, programação cultural e formação no domínio das artes do espectáculo.

A Inestética companhia teatral foi fundada em 1991 e tem vindo a produzir projectos multidisciplinares que privilegiam uma abordagem contemporânea e experimental, com uma forte componente autoral, nas áreas do teatro, ópera e performance.

Estrutura artística residente no Palácio do Sobralinho, iniciou em 2013, com o apoio do Município de Vila Franca de Xira, o projecto de programação cultural Inestética no Palácio, com o objectivo de estimular a criação artística, a circulação de espectáculos e o acesso da comunidade a espectáculos e eventos culturais de qualidade, nas áreas da música, teatro, ópera, dança, literatura, gastronomia, artes visuais, cinema e performance.

Entre 2006 e 2012, com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian, desenvolveu actividade no espaço Inestética Lounge, em Vila Franca de Xira, especialmente vocacionado para a promoção de projectos artísticos emergentes e de natureza pluridisciplinar.

Em 1998 tornou-se a primeira estrutura profissional de teatro do concelho de Vila Franca de Xira, tendo até à data produzido quarenta e cinco espectáculos, alguns dos quais apresentados em festivais nacionais e internacionais.
Promove ainda a realização regular de workshops e um programa de residências artísticas para novos criadores.

A Inestética é uma estrutura financiada pela República Portuguesa / DGArtes e Câmara Municipal de Vila Franca de Xira.

Direcção Artística / Produção Alexandre Lyra Leite
Produção Rita Leite
Direcção Técnica Fernando Tavares
Direcção Alexandre Lyra Leite, Jorge L. Santos, Rita Leite, Cristina Rodrigues Pereira, Susana Serralha
Colaboradores José Ricardo Ribeiro Ferreira, Paulo Antunes, Yara Cléo


PRÉMIOS / DISTINÇÕES

Medalha Dourada de Valor Cultural
Câmara Municipal de Vila F. Xira, 2019

Galardão de Mérito Cultural
Junta de Freguesia de Alverca e Sobralinho, 2018

Projecto seleccionado
Concurso “Andar Em Festa” – Festas de Lisboa 2014
EGEAC / Câmara Municipal de Lisboa
Lisboa Muda
filme-concerto
de Luís Soldado e Alexandre Lyra Leite

Projecto seleccionado
Concurso “Andar Em Festa” – Festas de Lisboa 2013
EGEAC / Câmara Municipal de Lisboa
Serei Eu Fugindo?
ópera para uma viagem de comboio
de Luís Soldado e Rui Zink

Prémio de Reposição
Concurso “O Teatro na Década 03/04”
Clube Português de Artes e Ideias
The Scum Show
de Alexandre Lyra Leite

Prémio de Execução
Concurso “O Teatro na Década 01/02”
Clube Português de Artes e Ideias
Dissonância
de Roberto Corte

Prémio de Interpretação
Concurso “O Teatro na Década 01/02”
Clube Português de Artes e Ideias
Dissonância
de Roberto Corte

Prémio de Melhor Texto Teatral
Concurso “O Teatro na Década 98/99”
Clube Português de Artes e Ideias
Um erro sem importância
de Alexandre Lyra Leite

Placa de Mérito Cultural
Cidade de Vila Franca de Xira, 2001