TRÍPTICO

TRÍPTICO
de Carlos Marecos e Sofia Silva

Gaivotas em Marvila
Biblioteca de Marvila, Lisboa
23 Abril 2021, 20:30
Entrada livre, sujeita a reserva até ao dia anterior
bib.marvila@cm-lisboa.pt
Informações: 218 173 000

Criação multidisciplinar do compositor Carlos Marecos e da coreógrafa Sofia Silva, composta por três “quadros” musicais distintos, unidos por uma coreografia única.
Existe música para dança? Existe dança para música? Como coexistem e se relacionam ambas as linguagens?
Este projeto nasce de inúmeras reflexões sobre a actual relação da música com a dança, que os autores têm feito em conjunto e que decidiram partilhar com o público.

Ficha Artística

Música Carlos Marecos
Coreografia Sofia Silva
Bailarinas Margarida Belo Costa, Teresa Alves da Silva
Voz Margarida Marecos
Instrumentistas (gravações):
Violino Daniel Bolito, Sara Llano
Viola Leonor Fleming
Violoncelo Nuno Cardoso
Piano Bruno Belthoise, João Costa Ferreira
Desenho de Luz Alexandre Lyra Leite
Design gráfico Rita Leite
Direcção técnica Fernando Tavares
Fotografia Alexandre Lyra Leite, Fátima Encarnado
Apoio à produção Susana Serralha
Produção Inestética 2020

A Inestética é uma estrutura financiada pela República Portuguesa – Cultura / DGArtes e Câmara Municipal de Vila Franca de Xira Apoios União de Freguesias de Alverca do Ribatejo e Sobralinho, Imarte – Design, Arte Franca – Publicidade, Mpmp – Movimento patrimonial pela música portuguesa, Escola Superior de Música de Lisboa – IPL Apoio à Residência Artística Companhia Olga Roriz, CAB- Centro Coreográfico de Lisboa, Polo Cultural Gaivotas Boavista / CML

Dança | 2020 | 50 min | M/12


Lisboa
Gaivotas em Marvila, Biblioteca de Marvila, 23 Abr 2021
Vila Franca de Xira
Palácio do Sobralinho, 5 a 7 Mar 2020 (estreia)

Visual Portfolio, Posts & Image Gallery for WordPress

fotos de Fátima Encarnado

Biografias

Carlos Marecos | música

Doutorado em Música pela Universidade de Aveiro, também diplomado em Composição pela Escola Superior de Música de Lisboa. Prémio Lopes-Graça, em 1999 e 2000. Docente na ESML, onde dirige o ClusterLAB ensemble, desenvolvendo um intenso trabalho de investigação, no pólo ESML/IPL do CESEM, como membro integrado. Tem apresentado obras em festivais nacionais e internacionais e colaborado com o teatro e a dança contemporânea, com João Brites, Luís Miguel Cintra, Paulo Lages e José Russo, Madalena Victorino e Vera Mantero.

Sofia Silva | coreografia

Natural de Lisboa, artista independente, desenvolve o seu trabalho de criação e formação em Dança Contemporânea. Apresentou espectáculos de sua autoria em Portugal, Holanda, Espanha, Escócia, Luxemburgo e Palestina. Destaca das suas criações: Imagens de Dentro (1994); Abismos Internos (1996); Sensações que ficam (1997); Proximidades (1997); Transformações Nocturnas (2000); Imaginário (2001); Raízes Cor de Rosa (2002); Um Novo Corpo (2003); Branco (2004); Inside (2005); Sobre o Amor (2006); Delicado (2007); I Can’t (2008); Veralipsi (2010); Mute (2010); Como Podes Ver o Meu Movimento se Ele Não é Perceptível ao Olhar (2011); A Cabra Bailarina (2012); Tempo do Corpo (2013, 2014,2015); Natural (2016). Colaborou em projectos de criação transdisciplinar; em cruzamento com a Dança e outras áreas artísticas; Artes Plásticas – “Como Podes Ver o Meu Movimento, se Ele Não é Perceptível ao Olhar” com Rochel Haley (2011); Fotografia – “Exposição Pina Baush” e “Tempo do Corpo”com Pedro Barão da Cunha (2012 e 2013); Cinema – “Antes de Existir” de Luís Piranha Gonçalves (2016); Teatro – “Début” e “Noir” de Alexandre Lyra Leite (2013 e 2018); Música – “Trípitico” com Carlos Marecos (2020).