O HOMEM VAZIO de Alexandre Lyra Leite

O HOMEM VAZIO
de Alexandre Lyra Leite

Quantos bytes tem o cérebro humano?

A hegemonia das máquinas espirituais gerou uma nova ordem planetária e o Conselho das Nações Automatizadas decidiu lançar uma derradeira ofensiva para capturar Arraçados, seres errantes que transportam consigo a mais perigosa das ameaças: a memória humana…

O HOMEM VAZIO é um projecto no domínio da ficção científica e teve como fonte de inspiração o livro “The Age of Spiritual Machines: When Computers Exceed Human Intelligence”, de Ray Kurzweil.

Em concreto, o espectáculo centra-se numa ideia axial das previsões de Kurzweil no que respeita à evolução tecnológica, nomeadamente ao nível da inteligência artificial: no final do século XXI será difícil estabelecer uma clara distinção entre seres humanos e entidades computacionais inteligentes.

Esta inquietante previsão levanta uma série de interrogações relacionadas com o papel dos afectos, da emoção, do corpo e da linguagem, num cenário futuro cuja complexidade ainda nos é difícil conceber.

Ficha Artística

texto, vídeo & encenação Alexandre Lyra Leite
com Maria João Miguel, Rita Rodrigues Pereira, Sérgio Querido, Sónia Neves, Susy Ferreira
figurinos Tânia Marques
cenografia Nuno Dionísio
apoio ao movimento Catarina Trota
figuração (vídeo) Alexandra Sargento, Ana Rodrigues, Ana Sacramento, Ângela Nobre, Catarina Borges, Catarina Ferreira, Cátia dos Santos, Elsa Paulo, Inês Cabral, Isabel Gaivão, Laurinda Santos, Liliana Araújo, Mafalda Gouveia, Márcia Alves, Maria Antónia Guedelha, Maria Inês Santos, Raquel Dias, Raquel Lopes, Sandra Alves, Sara Antunes, Sara Ferreira, Sara Vargas, Sílvia de Castro, Susana Perinhas
direcção técnica Nuno Dionísio
design gráfico Paulo Borges
produção executiva Dora Nobre
assistência de produção Ana Patrícia Inocêncio
agradecimentos Elsa Paulo, Rui Soares Costa, Vasco Soares
produção Inestética 2003

projecto financiado pela Câmara Municipal V.F. Xira
apoios Agência 117, Arte Franca publicidade, Bombeiros Voluntários V. F. Xira, Clube Vilafranquense, Ecran Virtual, Estúdios Queiróz, Grupo Obriverca, Hair Klinic, Hipermercado Modelo, Humana, Ideia Clara design, Instituto Português da Juventude, Jornal Vida Ribatejana, Junta de Freguesia V.F. Xira, McDonald’s (Vilafranca Centro), Ourivesaria Citânia, Rádio Ateneu, Rádio Iris, Soartes – Artes Gráficas, Vilafranca Centro

drama | M/12 | 1:15


Vila Franca de Xira
Cinema Imax
20 Nov a 20 Dez 2003

Media

“Um exercício dramático cruel e sublime.(…)
O espectáculo é constituído por cifras como linguagem, não há movimentos perdidos, todos os pequenos gestos têm um mimetismo mágico que origina uma verdadeira poesia teatral.”
António Gomes Vidal, Jornal O Ribatejo