NOIR de Alexandre Lyra Leite, a partir de Edward Gorey

NOIR
de Alexandre Lyra Leite
a partir de Edward Gorey

Myra Hindley e Ian Brady, casal que ficou conhecido nos anos 60 por “The Moors Murders”, assassinaram cinco crianças na zona de Manchester, em Inglaterra, entre 1963 e 1965.
Uma das vítimas nunca chegou a ser encontrada.

Baseado nesta história verídica, o polémico autor e ilustrador norte-americano Edward Gorey concebeu “The Loathsome Couple”, uma short-story com ilustrações a preto e branco de inspiração vitoriana e um singular humor negro, cujo imaginário perturbador e predominantemente visual foi o ponto de partida para NOIR, um espectáculo no domínio do fantástico, macabro e enigmático, em que a linguagem teatral e a componente coreográfica se cruzam com a geometria dos figurinos e a música original interpretada ao vivo.

Numa noite de tempestade, Amy procura abrigo numa casa isolada e é acolhida por um estranho casal. Seguem-se os preparativos para uma ceia requintada, numa sala de jantar cuja única saída deixa de existir para Amy, que se vê presa num espaço e num tempo definidos pelos anfitriões e pela partitura musical, interpretada por um sinistro ensemble de cordas.

Ficha Artística

Dramaturgia e Encenação Alexandre Lyra Leite
a partir do livro “The Loathsome Couple” de Edward Gorey
Música Luís Soldado
Coreografia Sofia Silva
Interpretação Afonso de Melo, Carolina Inácio, Linda V.
Violino Sofia Grilo
Viola de arco Magda Pinto
Violoncelo Teresa Araújo
Figurinos Rita Álvares Pereira
Concepção visual
Alexandre Lyra Leite, Rita Leite
Design gráfico Rita Leite
Make-up e cabelos Catarina Esteves
Boneca Amy Fulana Beltrana Sicrana
Montagem e assistência técnica Fernando Tavares, Vasco Lisboa
Apoio à produção Cátia Costa, Fernando Tavares, Susana Serralha
Fotografia Alexandre Lyra Leite
Registo e edição vídeo Vítor Hugo Costa
Produção Inestética companhia teatral

Estrutura financiada por República Portuguesa – Cultura / DGArtes e Câmara Municipal de Vila Franca de Xira
Apoio União de Freguesias de Alverca do Ribatejo e Sobralinho, Arte Franca – Publicidade, Imarte – Design, [metafilmes]
Agradecimentos Ateneu Artístico Vilafranquense, Grémio Dramático Povoense, Fulana Beltrana Sicrana, Nuno Dionísio, Paulo Antunes

2018 | 60 min | M/14


Sessões

Vila Franca de Xira
Ateneu Artístico Vilafranquense
9 Mar 2019

Palácio do Sobralinho
Sobralinho, Vila F. Xira
18 Out a 4 Nov 2018 (estreia)